fbpx

Minha Receita

COVID-19 deve levar a repensar nossas sociedades – Secretário Geral da ONU

Neste dia 18 de julho, declarado Dia Internacional Nelson Mandela (” Dia Nelson Mandela”) pela Unesco, Antonio Guterres fez um discurso que estabelece as prioridades que ele defenderá a partir de agora, enquanto ele for o chefe das Nações Unidas. O Secretário Geral das Nações Unidas prestou homenagem a Madiba e falou sobre a pandemia de coronavírus que abalou profundamente o mundo.

Os mais vulneráveis ​​atingidos pela pandemia

Antonio Guterres disse que o mundo inteiro foi ajoelhado por um vírus microscópico e que era necessário aproveitá-lo para repensar o funcionamento de nossas sociedades. Ele descreveu primeiro as fraquezas trazidas à luz pela pandemia: nosso mundo ainda é muito racista, masculino demais e favorece muito os ricos, perpetuando desigualdades ao longo de gerações inteiras.

“  O Covid-19 é como um scanner que revela as fraturas dos esqueletos frágeis das sociedades que construímos. A mentira de que o livre mercado permite o acesso a cuidados médicos para todos. A ficção de que trabalho voluntário não é trabalho. A ilusão de que vivemos em um mundo que não é mais racista. O mito de que estamos todos no mesmo barco. Porque se flutuarmos bem no mesmo mar, fica claro que alguns estão em super iates, enquanto outros se apegam a detritos flutuantes  ” , disse Antonio Guterres.

O Secretário Geral da ONU não escondeu o fato de que a crise do Covid-19 reverterá o progresso recente e fará com que o mundo perca o equivalente a 20 anos de desenvolvimento, atingindo os mais vulneráveis ​​e pressionando 100 milhões a mais de pessoas em extrema pobreza. Mas ele pediu aos líderes mundiais que aproveitem esta crise e a transformem em uma oportunidade, para construir novos contratos sociais.

Extremamente raro: Antonio Guterres também criticou, sem nomeá-los, as cinco potências que lideram o cenário internacional desde o final da Segunda Guerra Mundial e apelou a uma revisão do sistema.

E antes do discurso, foi prestada uma homenagem à filha mais nova de Nelson e Winnie Mandela, Zindzi , ativista então diplomata, que morreu em 13 de julho aos 59 anos, certamente de Covid-19.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Receba a deliciosa comida congolesa quentinha na sua casa.

Informações

Perguntas Frequentes

Busca

FUNCIONAMENTO: 

 

ALMOÇO NO RESTAURANTE 

Terça-Feira a Domingo da 11h às 15h.

DELIVERY E RETIRADA

Terça-Feira a Sábado das 10h45 às 22h

Domingo das 10h45 às 17h
Pedidos : iFood, uber eats, rappi ou na retirada(balcão)

 
Endereço : Av. professor Alfonso bovero, 382 – Sumaré.
Enviar messagens
1
olá! Estamos online
Olá ! Em que podemos lhe ajudar?